Busca

Hotmind Review

Resenha da HQ Svalbard

Resenha da HQ Svalbard



Resenha da HQ Svalbard

Fizemos nossa resenha da HQ Svalbard e temos um veredicto sobre a obra do Diego Sanches. Ela é fantástica!

Svalbard é a continuação direta da história criada pelo autor para as três primeira edições do Quad. Jeff, o chefe dos lixeiros (Ediçoes 1 e 3 do Quad) saí em busca do lugar chamado de Svalbard, em busca de sinal capitado na região. Rasul, o caçador de recompensas (Edição 2 do Quad) e Martha, antiga parceira de Jeff, vão atrás do mesmo sinal. Esta é a sinopse que está na contracapa da edição que conta com arte e texto do Diego Sanches.

Para entender o que se passa na história é importante ler as edições anteriores doa Quad, porque toda a trama inicial se desenrola por lá antes de culminar em Svalbard. Lembrando que cada edição do Quad conta quatro histórias distintas, e que Svalbard é a continuação apenas do que foi feito pelo Diego.

A história

Em um futuro distópico, algumas naves foram preparadas para serem enviadas ao espaço em missão de colonização para salvar a raça humana. Algumas pessoas foram destacadas para ficar e manter contato com as naves. Entre elas está Jeff, conhecido como um lixeiro que recolhe, troca ou vende o que encontra perdido por ai.

A história cativa desde o começo e nos leva a entrar na vida desregrada e sem motivos para viver do Jeff, que é um dos “eternos”, algumas pessoas que foram modificadas geneticamente para viver muito mais que o normal. Tem bastante ação, mesmo que o foco não seja exatamente a ação, mas sim toda uma questão filosófica sobre a luta da raça humana por sobrevivência depois de esgotar os recursos do planeta.

Resenha da HQ Svalbard

Resenha da HQ Svalbard

A arte

O conceito da arte de Svalbard segue o padrão já criado para o Quad. Capas coloridas e miolo em preto, branco e tons de cinza. Uma bela combinação que não deixa que ninguém sinta falta de paginas coloridas. A ideia, inclusive, cai bem para todos os cenários distópicos e pós-apocalípticos criados. O formato A4 (além de economizar papel) faz o livro ficar encorpado pelo seu tamanho, mesmo que não seja tão volumoso assim. São mais de 80 páginas de muito cuidado com a identidade visual.

Esquentamente recomenda

Nós aqui temos apoiado todas as campanhas vencedoras da galera do Quad desde a primeira edição. Svalbard também foi adquirido assim, mas tivemos a grata oportunidade de pegar a edição em mãos com os caras na CCXP 2016. Recomendamos a leitura, não só do Svalbard, mas de toda a série Quad e dos demais trabalhos dos autores do grupo.

Resenha da HQ Svalbard

Resenha da HQ Svalbard

 

 


9 de dezembro de 2016, por Chewbaca Jones

Loja
Apareceu na mídia

© 2014-2015 Design Brazuca Comunicação Integrada

Todos os Direitos Reservados | As Marcas apresentadas nesse site e no canal são de propriedade dos seus respectivos idealizadores.